terça-feira, 8 de junho de 2010

Nas curvas da Rio-Santos


A estrada é o meio pelo qual se chega ao destino desejado. Porém, a Rio-Santos, que liga os estados de São Paulo e do Rio de Janeiro, tem uma particularidade. Além de fazer uma ligação como qualquer outra via, ela em si é um ponto turístico com várias alternativas para o viajante em seu trajeto.

Os repórteres Renato Santana, André Felipe e Mariana Nascimento percorreram todo o trajeto em outubro de 2007 e destrincharam todo o percurso, passando dicas para quem pretende fazer a viagem. Levantaram custos, contaram histórias de personagens da via, cada qual em seu subdistrito, e fizeram esse paralelo carioca/paulista da via.

Importante salientar que o passeio é indicado para quem pretende curtir as praias que o caminho propicia. Para ir ao Rio de Janeiro simplesmente, é aconselhável a rodovia Dutra, mais bem sinalizada com menos curvas, e portanto, mais segura.

Confira as fotos de André Felipe


Postado por Fernando Corrêa

Acrobacia corporal nas ruas de Santos


Pular obstáculos urbanos já foi peripécia de criança e dor de cabeça das mamães corujas. Mas hoje, a atividade virou esporte, mesmo que, em Santos, ainda seja pouco explorada e divulgada. Nas fotos de Rafaella Clemente é que o clan Le Parkour Santos ficou registrado em março de 2007, em matéria para o jornal laboratorial Entrevista, sobre a prática do esporte na Praça do Sesc.

O Le Parkour consiste em escalar, subir e saltar obstáculos urbanos, sejam bancos, paredes, escadarias, corrimões, calçadas, pontes, entre tantos outros elementos. O que normalmente era feito com skates, patins e bicicletas, no Parkour, a ordem é fazer com o próprio corpo.

Em 2006, o grupo Le Parkour Santos iniciou suas atividades, montado por amigos que procuraram reproduzir movimentos assistidos em um vídeo pela internet.

Confira as fotos


Postado por Sérgio Oliveira Jr.

Romaria até o Papa

No país com o maior número de católicos do mundo, a visita do Papa é um grande acontecimento. Na época, 65% dos brasileiros se diziam católicos, e 45% praticantes. Após a morte de João Paulo Segundo – que foi, provavelmente, o mais amado Papa da Igreja Católica Apostólica Romana –, Joseph Ratzinger, o então Papa Bento XVI, visita o Brasil em maio de 2007.

A interessante saga dos romeiros e o desenrolar da festa feita envolta da gloriosa visita são registrados pelo Entrevista. Matéria de Renato Santana e Silvia Domingues, os – na época –quase jornalistas fizeram o caminho dos fiéis e contaram com riqueza de detalhes a devoção dos 150 mil brasileiros que se deslocaram até o santuário de Nossa Senhora de Aparecida, em São Paulo.

Eram pessoas de todos os cantos do Brasil, caminhando por um milagre, agradecimento, por um momento próximo ao sacerdote ou todas as alternativas. A verdade é que poucas pessoas que estavam lá conseguiram ver o Papa Bento VXI. Mas o telão já trazia a tranqüilidade que eles procuravam.

Postado por Luciana Araújo

Veja as fotos:

Famácia Popular? Nem tanto.

Falta de divulgação e indisponibilidade de  medicamentos são alguns dos problemas enfrentados pela Farmácia Popular. Inaugurada em parceria entre a Prefeitura de Santos e a Universidade Católica de Santos (UniSantos), a Farmácia Popular da Zona Leste não tinha grande procura. Ouça na matéria de Aline Brancomais sobre as dificuldades da iniciativa, na época recém-inaugurada.


video


Luiza Oliveira


segunda-feira, 7 de junho de 2010

Biquinha oferece água limpa à população

Alguns não vêem com bons olhos. Apesar de questionada e até mesmo ser alvo do preconceito de muita gente, a água da Biquinha, em São Vicente, é limpa. A reportagem do Entrevista acompanhou o processo de tratamento da água, assim como o teste de pureza. O resultado? Leia a matéria de Bruno Walter, da edição de Março de 2010 e descubra os detalhes.



Luiza Oliveira

terça-feira, 1 de junho de 2010

Yoshihide Shinzato: o nome pioneiro do caratê no Brasil

Aos 80 anos de idade, a prática do caratê ainda fazia parte de sua rotina, bem como o antigo sonho de ser fazendeiro. Mas em 13 de janeiro de 2008, foi o fim de uma vida dedicada à arte marcial mais popular do Brasil.

Yoshihide Shinzato, responsável por trazer o caratê ao País, foi assunto no jornal laboratorial Entrevista de abril de 2007, produzido pelos alunos do quarto ano do curso de Jornalismo da UniSantos. O então aluno Tarso Fontoura registrou em fotografias o mestre nipo-brasileiro e seus alunos em combate.

Na ocasião, ocorreria o 8º Mundialito de Karatê-Do e Kobu-Do Shorin Ryu em Praia Grande, com a participação de delegações brasileiras, japonesas, espanholas e da Argentina, em um total de 600 atletas.

Cerca de 20 mil já passaram pela academia de Shinzato, sendo alguns figuras conhecidas da política regional: Oswaldo Justo e Ricardo Yamauti, ex-prefeitos de Santos e Praia Grande, respectivamente.

Confira as fotos

Postado por Sérgio Oliveira Jr.

Ensaio fotográfico - Um olhar após a tragédia

Por: Bruna Rossifini

O dia 10 de maio de 2010 não sairá da memória de muitas famílias da Vila Telma, em Santos. O incêndio, que destruiu 200 barracos e deixou vários desabrigados, acabou com os sonhos de muita gente.

Três dias após a tragédia, eu estive no bairro e registrei o drama de algumas famílias que ainda estão pelo local. Alguns ainda tentam recuperar pertences, enquanto crianças brincam em meio aos objetos destruídos.

As fotos abaixo não  foram feitas para serem divulgadas nos projetos laboratorias da UniSantos. Fiz pois estive no local e não poderia deixar de retratar. Por isso, disponibilizo para vocês essas imagens que mostram uma realidade encoberta. Muitas vezes, esse triste fato  não é divulgado nos veículos de comunicação. Vale a pena conferir.



 



.